Sobradinho suspende vacinação contra o H1N1 até que cheguem novas doses; Núcleo Regional de Saúde-Norte justifica

A Secretaria de Saúde de Sobradinho iniciou hoje (24), a Campanha de Vacinação contra o H1N1 para pessoas acima de 60 anos, profissionais de saúde, pessoas em privação de liberdade e trabalhadores da delegacia.

Para evitar aglomerações, a Secretaria de Saúde montou um esquema utilizando 15 pontos estratégicos da cidade, como as Celem, 24 de Fevereiro, Gestão Compartilhada, CIRES e Maria Ribeiro, na Vila São Joaquim; na Igreja Católica, da Vila Santana; Creche Paulo Pacheco e no Centro Educacional de Sobradinho (CES), na Vila São Francisco.

No entanto, a exemplo de municípios como Juazeiro e outros da região Norte, as doses se esgotaram já no primeiro dia de imunização, para frustração dos profissionais envolvidos na campanha e do publico alvo.

“Recebemos 1.100 doses para vacinar idosos, indígenas trabalhadores da saúde e da segurança, isso não representa nem 50% do público alvo. Essa meta é definida pelo Ministério da Saúde, em função de médias de campanha de vacinação, então nós temos 2.309 idosos, 278 trabalhadores de saúde”, declarou a Secretária de Saúde, Maysa Sanjuan.

A vacinação foi suspensa até que cheguem novas doses.

“A vacinação de idosos que continuaria amanhã (25), foi suspensa por desabastecimento da Secretaria de Saúde do Estado. A vacinação dos profissionais de saúde da rede continua, seguindo orientações do Núcleo Regional Norte. Os profissionais que ainda não foram vacinados, devem aguardar nas suas unidades, que uma equipe passará imunizando”, disse a Secretária de Saúde, Maysa Sanjuan.

De acordo com o coordenador do Núcleo Regional de Saúde-Norte, Pedro Alcântara de Souza, a distribuição está sendo feita de forma parcelada.

“O Ministério da Saúde está mandando, parceladamente. Os carros estão dormindo na fila em Salvador. O problema é que temos vários dias para vacinar, e o fluxo foi muito concentrado, hoje (24). Há uma previsão de chegar outros lote hoje, a meia noite, mas não sabemos ainda a quantidade. Às 3 horas da manhã estou mandando outro carro para abastecer a região. Sobradinho recebeu cerca de 1100 doses, mas também houve um grande fluxo em um só dia. Logo que chegue o novo lote, receberá a segunda parcela, mas só saberei a quantidade quando chegar, pois o rateio é proporcional à população”, afirmou o coordenador do Núcleo Regional de Saúde-Norte.

Ascom PMS