Sobradinho: Secretaria de Educação se prepara para receber Polo da Universidade Aberta Brasileira

Nesta quarta-feira (11) o representante da CAPES- Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, João Franco, fez uma visita ao prédio onde deverá funcionar o polo de Nível Superior, em Sobradinho, e aprovou as instalações disponibilizadas pelo município.

João Franco afirmou que entre as cidades da região analisadas pela CAPES, Sobradinho foi a que apresentou uma estrutura mais completa.

“O município de Sobradinho está de parabéns pela estrutura que será disponibilizada para os futuros egressos, pois reúne todas as condições necessárias para receber o seu núcleo da Universidade Aberta. Tudo relacionado a estrutura, documentações e mobiliários estão dentro dos padrões exigidos pelo órgão. Vale ressaltar que, de todas as cidades visitadas, Sobradinho foi a que apresentou a estrutura mais completa,” destacou o coordenador.

Com o propósito de fomentar a política de democratização do Ensino Superior, a Prefeitura de Sobradinho, através da Secretaria Municipal de Educação implantou no prédio da Creche Paulo Pacheco, a estrutura para abrigar o primeiro polo da Universidade Aberta Brasileira.

A implantação da Universidade Aberta faz parte do plano construído na gestão do Prefeito Luiz Vicente Berti, junto à comunidade, objetivando a expansão da oferta de ensino superior nos mesmos moldes do ensino presencial, oferecido nos grandes centros universitários. O Sistema UAB está calcado em uma complexa relação entre Governo Federal, Municípios, Instituições de Ensino, órgãos de fomento e fundações de apoio.

As instalações do antigo Colégio Municipal Paulo Pacheco foram reestruturadas seguindo as normas e condicionalidades da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES.

O ingresso do aluno dependerá do edital de cada universidade e dos critérios de avaliação que são feitos através do ENEM ou de vestibular interno. Onde serão oferecidas aulas semi-presenciais, por tutores disponibilizados pelas universidades parceiras.

A Secretária de Educação Ducilene Kestering, falou sobre o encontro com os representantes da CAPES e ressaltou a importância de um polo universitário no município.

“Foi uma reunião bastante produtiva onde tivemos a oportunidade falar sobre a importância da educação superior, e as demandas necessárias para a abertura das modalidades de curso. Estamos apenas aguardando a inicialização do sistema para que possamos alimentar o banco de dados. Vale ressaltar que um polo universitário em nosso município, estimulará a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico, tecnológico e do pensamento reflexivo, além de formar diferentes áreas de conhecimento, assim como, incentivar o trabalho de pesquisa e investigação científica. Deste modo, o Prefeito Luiz Vicente Berti disponibilizou uma estrutura com laboratório de pesquisa, 25 computadores, biblioteca com memorial de arqueologia e acervo bibliográfico, birôs, cadeiras novas, tudo da melhor qualidade para os nossos estudantes. Estamos otimistas e esperamos recebê-los ainda neste primeiro semestre,” finalizou a secretária.

Ascom PMS