Secretaria de Saúde reúne representantes da Atenção Primária para discutir o novo modelo de financiamento do SUS

A Secretaria de Saúde de Sobradinho reuniu no Plenário da Câmara de Vereadores, médicos, agentes de saúde e outros profissionais da área, para discutir sobre as mudanças no modelo de financiamento da Atenção Primária de Saúde, feitas pelo MS.

“Considerando as novas orientações que a Atenção Básica deverá seguir para cumprir com normas apresentadas pelo Ministério da Saúde, a gestão buscou reunir a equipe para repassar o que os representantes do Ministério da Saúde, estados e municípios aprovaram durante reunião em Brasília na última quinta-feira (31). Convidamos a assessora de politicas públicas em saúde do município, Joselma Alves, para trazer essas informações, pois consideramos importante que nossos profissionais saibam dessas mudanças no modelo de financiamento”, destacou a Secretaria de Saúde, Maysa Sanjuan.

Uma dessas mudanças é o repasse de recursos do Governo Federal para a manutenção da rede de Atenção Primária de Saúde, já a partir do próximo ano, e que deverá levar em conta o número de pacientes cadastrados nas Unidades Básicas de Saúde e o desempenho de cada uma delas.

Esse novo modelo se aplica a todas as cidades brasileiras, que terão até Abril de 2020 para se adequar as normas.

Entretanto, Sobradinho se antecipa aos prazos estabelecidos pelo Ministério da Saúde e inicia já neste mês de outubro pequenas mudanças na organização da Atenção Primária de Saúde, intensificando o trabalho de cadastro da população no SUS e nas UBS do município.

Ascom PMS