Secretaria de Saúde de Sobradinho realiza Roda de Conversa sobre Infecções Sexualmente transmissíveis (ISTs) com público jovem

A Secretaria de Saúde (SMS), através da Equipe de Saúde da Família da Quadra 3, na vila São Francisco, encerrou as atividades do primeiro semestre de 2019 reunindo jovens e adultos para debater sobre as Infecções Sexualmente transmissíveis (ISTs), um problema de saúde pública no mundo inteiro.

Segundo dados do Ministério da Saúde, o número de jovens portadores de ISTs, vem crescendo na última década. Os especialistas do MS alertam principalmente para o crescimento da Sífilis, que por muitos anos foi ignorada, devido ao destaque dado a AIDS.

A ação da Secretaria de Saúde reforçou o alerta, principalmente entre os jovens, e contou com a participação do medico de saúde da família Franclen Rusvell e da enfermeira Maria Lucivania da Silva, que diariamente atendem esses jovens na UBS da quadra.

“Aproveitamos esse período de férias e festas para alertar a população jovem, atendida pela nossa UBS, para a questão da prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. Repassamos informações sobre a vacina da HPV, que tem que ser tomada aos 9 anos pelas meninas e aos 11 anos por meninos; sobre a prevenção de DST’s como um todo, e sobre a segurança durante as relações sexuais”, destacou a enfermeira Maria Lucivania da Silva.

Atenta ao tema, a Secretária de Saúde Maysa Sanjuan falou da importância da açãoativas como essa que levam informações a população de Sobradinho.

“A nossa gestão busca uma coerência com as questões cotidianas da população de Sobradinho. Por orientação do Prefeito Luiz Vicente, fazemos uma gestão participativa e buscamos uma proximidade com nossos cidadãos, para podermos identificar de que forma podemos atendê-los de maneira mais eficiente. Esse atendimento não se resume apenas nas consultas clínicas, mas também se refere a levar informação e promover debates sobre saúde e qualidade de vida”, concluiu a secretária.

Ascom PMS