“Investimos no abastecimento da Central de Abastecimento Farmacêutico”, afirma secretária de saúde

Integrando o sistema municipal de saúde, a Secretaria de Saúde de Sobradinho mantem a Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF), que fornece gratuitamente medicamentos básicos e de uso continuo. Nas farmácias básicas das UBS podem ser encontrados antibióticos, antialérgicos, anti-inflamatórios, que abastecem os usuários da rede.

“A CAF é responsável pela aquisição, armazenamento e distribuição de produtos farmacêuticos e dos materiais hospitalares que são encaminhados pela secretaria para as UBS, Centro de Saúde, SAMU, o hospital, CAPS e a Farmácia Básica. Ela adquire seus medicamentes, em parte através de processos licitatórios com empresas privadas, e em parte através do estado, com a contrapartida da gestão do prefeito Luiz Vicente Berti que sempre está investindo no abastecimento da farmácia”, explicou a secretária de saúde, Maysa Sanjuan.

Seguindo orientações e diretrizes do Ministério da Saúde, o município informatizou a gestão da Assistência Farmacêutica em Sobradinho, investindo na aquisição de softwares como o HÓRUS – Sistema Nacional de Gestão da Assistência Farmacêutica, e também do Sistema Integrado de Gerenciamento da Assistência Farmacêutica (SIGAF), que gerenciam a organização e manutenção do setor, garantindo mais agilidade na distribuição e controle do estoque de medicamentos.

“Com uma prescrição médica e um documento de identificação, a população deve procurar o local designado para a retirada do medicamento. Se forem medicamentos de uso contínuo, como os remédios de diabetes, hipertensão arterial, colesterol e contraceptivos, eles devem ser retirados nas UBS. Já se a prescrição for para medicamentos da categoria de antibióticos, antialérgicos, anti-inflamatório, a população deve retira-los na farmácia básica localizada atrás do Centro de Saúde”, esclareceu Israel Costa Sobre os tipos de medicamentos e os locais de retirada, Israel Costa, farmacêutico do município.

Ascom PMS