Sobradinho: Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social garante suporte alimentar para famílias em vulnerabilidade social e que tenham pacientes com a covid 19

A Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social de Sobradinho ampliou o benefício eventual, que garante cesta básica para pessoas em vulnerabilidade social, para famílias que tenham casos positivados do novo coronavírus, e necessitem do auxílio.

A cesta contém 13 gêneros alimentícios (5 kg de feijão, 5 kg de arroz, 4 kg de açúcar, 3 kg de farinha, 3 pacotes de café, 3 pacotes de macarrão, 3 pacotes de leite, 1 pacote de carne de charque, 2 latas de sardinha, 4 pacotes de flocos de milho, 2 de biscoito, 1 lata de óleo, e sal) e é entregue às famílias, periodicamente, através do Cras.

Para reforçar as medidas sanitárias, os contemplados também recebem um kit Higiene, com variados produtos de limpeza pessoal e de ambientes.

“Mais de 400 famílias são beneficiadas pelo programa, que garante uma cesta básica de qualidade e com diversos gêneros, em uma quantidade significativa para as famílias em vulnerabilidade social. Neste período de pandemia, incluímos algumas famílias que estão com pacientes positivados para a infecção, e que também passam por dificuldades financeiras. É um suporte alimentar importante para as famílias, que nos abordam com relatos positivos do benefício eventual”, informou a Secretária Fernanda de Cássia.

Além das cestas básicas, a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento social realizou, na semana passada, mais uma entrega do Programa Municipal do Leite as mais de 600 famílias cadastradas na sede e no interior do município.

Ascom PMS