Sobradinho: “Investimos em uma saúde preventiva como forma de combater o câncer”, diz secretária de saúde

Nesta terça-feira (4), Dia Mundial do combate ao Câncer, a Secretária de Saúde de Sobradinho, se manifestou sobre as ações cotidianas da gestão municipal na prevenção e enfrentamento da doença.

” Nós incentivamos, através de alguns programas de conscientização desenvolvidos pela gestão, a adoção de hábitos saudáveis, como a prática de atividades físicas e alimentação equilibrada que auxiliam na prevenção e no combate a doença. Além disso, disponibilizamos o acesso a vários exames preventivos, como o papanicolau, ultrassonografias e mamografias, que permitem o diagnóstico precoce. São ações cotidianas de cuidados com a saúde, pois investimentos em uma saúde preventiva”, disse Maysa Sanjuan.

Os integrantes do grupo da Terceira Idade e do Programa Viva Leve, projetos municipais, participam regularmente de atividades físicas e de conscientização, em rodas de conversa, sobre a importância de adotar hábitos saudáveis. Além disso, a Secretaria de Saúde desenvolve ações educativas abordando o tabagismo, o alcoolismo e intensifica as campanhas contra o câncer de mama, colo do útero e de próstata, garantindo o acesso a exames e consultas com especialistas.

Para os pacientes já em tratamento contra o câncer, a gestão em saúde garante uma atenção especial, através de investimentos no serviço de Tratamento Fora de Domicílio (TFD), disponibilizando transporte, alimentação e hospedagem na casa de acolhimento, em Salvador, e assistindo aos usuários do serviço nas suas necessidades, quando em atendimento nas cidades de Juazeiro e Petrolina.

“A gestão do prefeito Luiz Vicente vem desenvolvendo a saúde no município, através da contratação de profissionais qualificados e da melhoria estrutural das unidades. E quando há a necessidade de serviços e tratamentos fora do município, também buscamos apoiar os moradores por meio do TFD e de consórcios como o estabelecido com a Policlínica Regional de Saúde em Juazeiro”, concluiu a secretária de saúde, Maysa Sanjuan.

Dados:

Atualmente, 7,6 milhões de pessoas no planeta morrem em decorrência da doença a cada ano. Dessas, 4 milhões têm entre 30 e 69 anos. A menos que sejam tomadas medidas urgentes para aumentar a conscientização sobre a doença e desenvolver estratégias práticas para lidar com o câncer, a previsão para 2025 é de 6 milhões de mortes prematuras por ano. Estima-se que 1,5 milhão de mortes anuais por câncer poderiam ser evitadas com medidas adequadas e preventivas. Mas a Organização Mundial da Saúde tem como meta reduzir em 25% os óbitos por doenças não transmissíveis até 2025.

O Dia Mundial do Câncer é uma oportunidade para disseminar informações sobre prevenção e controle do câncer, e levar questões atuais sobre a doença à população em geral.

Ascom PMS