Em tempos de pandemia, Secretaria de Educação de Sobradinho implementa atividades não presenciais para os alunos da rede

Seguindo as determinações da Portaria nº 188/GM/MS, de 4 de fevereiro de 2020, do Ministério da Saúde, declarando Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional, em razão da pandemia do COVID-19, a Secretaria de Saúde de Sobradinho implementou a ação para o ensino remoto denominada “Nenhum a Menos. Todos Conectados”.

Essa estratégia, realizada em parceria com a equipe técnica da educação, gestoras e professores das instituições escolares, objetiva reduzir as eventuais perdas para os estudantes, garantindo assim, atendimento essencial às crianças, e cria condições de estudo e desenvolvimento de atividades remotas para os alunos ao longo do período de Pandemia da Covid 19, de forma não presencial.

De acordo com a Secretária de Educação Ducilene Kestering, a ação busca levar a escola até ao estudante a fim de manter seu vínculo com a mesma, através das atividades virtuais.Para realização de atividades pedagógicas não presenciais estão sendo elaboradas orientações/sugestões aos pais ou responsáveis sobre atividades que possam ser realizadas com seus filhos durante o período de isolamento social. As mesmas estão se efetivando com o uso de internet, celular ou mesmo de orientações de acesso nas redes sociais como Facebook, Instagram e grupos de WhatsApp. A escola, por sua vez, monitora e acompanha os feedbacks com pais e alunos através de vídeos, depoimentos e registros fotográficos.

“Os estudantes que não têm acesso a conectividade, serão contemplados com Kits pedagógicos (atividades impressas), que são cuidadosamente elaboradas e devidamente organizadas e higienizadas, e chegarão as casas dos alunos. A secretaria, juntamente com as equipes gestoras, organizaram um cronograma com atividades e prazos, onde toda a rede de ensino se une para garantir sugestões de atividades que contribuam para assegurar o desenvolvimento e a aprendizagens dos estudantes. As atividades serão monitoradas pelos professores em grupos de WhatsApps criados com o objetivo de acompanhar e orientar os pais e estudantes, possibilitando a interação virtual com outros colegas de sala de aula. Mesmo que separados fisicamente, a interação entre estudantes e professores permanece, pois são laços afetivos que perduram em quaisquer circunstâncias. Deste modo a educação dos nossos jovens e crianças não pode parar. Portanto, Nenhum a Menos, Todos Conectados ” concluiu a secretária.

Ascom PMS