Secretaria de Educação de Sobradinho realiza 5º Seminário de Arqueologia

Pelo quinto ano consecutivo a Secretaria de Educação de Sobradinho realiza o Seminário de Arqueologia. Na tarde dessa quarta-feira (20), professores e estudantes das redes pública e privada do município reuniram-se, no auditório do memorial da CHESF, para assistir a palestra do professor doutor em Arqueologia Celito Kestering.

O 5º Seminário de Arqueologia proporcionou aos cerca de 250 jovens participantes, a oportunidade de conhecer a história da origem de Sobradinho, desde os primórdios, o processo de construção da Barragem de Sobradinho, entre outros temas importantes para o fortalecimento da identidade do município.

“A promoção do Seminário de Arqueologia, que já faz parte do nosso calendário de ações há cinco anos, acontece principalmente em favor da missão da Secretaria de Educação que é educar na adversidade para construir a identidade do município. Com o tema Arqueologia da Alteridade, buscamos através desse evento, que contou com o apoio de um pesquisador qualificado e reconhecido, como o doutor Celito Kestering, trazer para debate o desafio de construir em nossa população um sentimento de pertencimento e respeito a Sobradinho,” disse a Secretária de Educação Ducilene Kestering.

A secretária também fez questão de destacar a importância da construção desse pertencimento entre os estudantes do município.

“Desde o primeiro seminário até hoje, tivemos uma queda nas depredações das escolas, e acreditamos que isso se deve muito ao desenvolvimento dessa sensação de pertencer entre os nossos estudantes que passaram a entender que, para o crescimento de Sobradinho, precisamos do trabalho conjunto entre população e gestão, ambas as partes precisam cuidar de nossa cidade”, complementou a secretária.

O palestrante Celito Kestering afirmou a importância de debater a questão de uma construção de uma identidade e de uma auto-estima para o sucesso de qualquer projeto político e social de desenvolvimento.

“Trago e compartilho com esses jovens o conhecimento que adquiri em anos de estudo. Através dessas cinco edições dos seminários de arqueologia, apontamos para como é fundamental construirmos a identidade no respeito a adversidade, e no dialogo”, conclui o arqueólogo.

Participaram do evento a Secretária de Saúde, Maysa Sanjuan, a Secretária de Administração e Fazenda, Mary Selma, o representante da Polícia Militar em Sobradinho, o Capitão Ramos, e representantes do povo indígena Tamoquim.

Ascom PMS