Prefeitura realiza segundo sorteio de lotes do Programa “Nova Sobradinho I e II”

A Prefeitura de Sobradinho, através da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, realizou nesta quarta-feira (18) o segundo sorteio de lotes do Programa “Nova Sobradinho I e II”, quando foram anunciados mais 173 lotes para famílias que atendem aos critérios do programa.

As pessoas cadastradas acompanharam todo o processo de sorteio, de acordo com a Lei Municipal de número 615/2019, entre elas idosos, funcionários públicos, pessoas assistidas pelos programas sociais do município e do Governo Federal, e também pessoas com renda familiar de até três salários mínimos.

Para a secretária de Assistência e Desenvolvimento social Fernanda de Cássia, este segundo momento foi relevante para contemplar ainda mais famílias que fazem parte do perfil do programa.

“ Buscamos contemplar acima de tudo as pessoas que se encaixavam nas condicionalidades necessárias para o recebimento dos lotes. Tudo foi realizado com total transparência e cuidado das nossas equipes. Colocamos 161 lotes disponíveis para o sorteio e adicionamos mais 12 lotes que foram remanescentes do primeiro sorteio, ou seja, pessoas com números de CPF duplicados, que tiramos da primeira lista, surgindo mais 12 vagas que disponibilizamos para o segundo sorteio. Portanto, sorteamos um total de 173 lotes, tendo como principal objetivo de oferecer a oportunidade a uma moradia digna a todos que participaram deste processo,” esclareceu a secretária.

O Programa Habitacional Nova Sobradinho I e II, criado pela gestão municipal, tem como objetivo diminuir o déficit habitacional e atrair empreendimentos que promovam o desenvolvimento econômico do município.

O número total de lotes residenciais é de 1.004, enquanto que os lotes comerciais estão em período de agendamento para sorteio. Os recursos oriundos da comercialização, serão investidos em serviços de infraestrutura do novo bairro que está nascendo em Sobradinho, de forma regulamentada, através de uma iniciativa inédita na região, no quesito habitacional.

De acordo com estudos recentes, existe um déficit habitacional de pelo menos 2000 residências no município e o Nova Sobradinho irá atender grande parte desta demanda, contemplando famílias com lotes que variam de 8 por 20 a 10 por 23 metros quadrados, cada.

As áreas que serão loteadas foram adquiridas pela gestão municipal da Chesf – Companhia Hidroelétrica do São Francisco, com recursos próprios, um total de cerca de 500 mil reais, numa área total de 45 hectares, localizada nas proximidades do Pátio do Vaqueiro, no bairro Vila São Francisco.

Ascom PMS